Malware em site pornográfico trava celulares e cobra para desbloqueá-los

Um malware chamado Android-Trojar.Koler.A está bloqueando telefones Android e pedindo dinheiro de “resgate” para liberar os aparelhos novamente. O software mal-intencionado acaba sendo automaticamente baixado quando usuários acessam alguns sites de pornografia nos smartphones e pode ser instalado automaticamente. Segundo o site ARS Technica, o procedimento ocorre quando o internauta acessa …

Bug no Android pode deixar mais de 1 bilhão de aparelhos desprotegidos…

Pesquisadores da Microsoft e da Universidade de Indiana, nos Estados Unidos, identificaram um sério erro nos dispositivos que rodam  Android, capaz de atingir mais de um bilhão de aparelhos diferentes. O bug crítico foi nomeado pelas especialistas de “Pileup” e ocorre durante as atualizações das versões do SO. Durante os updates, diversos …

Saque dinheiro no Auto atendimento( ATM ) com apenas uma mensagem de texto.

Como já relatado anteriormente, a Microsoft vai parar de apoiar o sistema operacional Windows XP depois de 8 de abril de aparentemente 95% dos 3 milhões de caixas automáticos do mundo são executados nele.  decisão da Microsoft de retirar o suporte ao Windows XP  representa ameaça à segurança fundamental para a infra-estrutura econômica …

Falha de segurança ( mais uma ) permite que apps acessem histórico do WhatsApp

O aplicativo WhatsApp para aparelhos Android pode estar enfrentando uma grave falha de segurança. De acordo com o consultor de segurança digital Bas Bosschert, é possível que outros aplicativos acessem livremente o histórico de mensagens dos usuários. Essencialmente, a falha acontece no momento de criptografar o back up das mensagens. As informações são do Mashable. Algo preocupante …

WhatsApp para Android tem falha que permite roubo de dados

São Paulo – Uma falha no Android pode permitir que usuários do WhatsApp tenham suas mensagens roubadas por hackers. O problema foi descoberto pelo consultor de segurança Bas Bosschert, chefe de tecnologia da empresa holandesa Double Think. “A base de dados do WhatsApp fica arquivada no cartão de memória dos celulares, que pode ser lido …